Você está em - Home - Artigos - Contribuição do ducto venoso Doppler na triagem no primeiro trimestre de defeitos cardíacos maiores.

Contribuição do ducto venoso Doppler na triagem no primeiro trimestre de defeitos cardíacos maiores.

OBJETIVO:
Para determinar se a avaliação do fluxo no ducto venoso em uma gestação de 11-13 semanas "melhora a taxa de detecção de defeitos cardíacos alcançados pela triagem com translucência nucal de espessura (NT).
MÉTODOS:
Triagem no primeiro trimestre prospectivo para aneuploidias, incluindo a medição da TN e avaliação de fluxo no ducto venoso. O desempenho de diferentes combinações de TN aumentada e fluxo sanguíneo anormal no ducto venoso na triagem de grandes defeitos cardíacos foi examinado.
RESULTADOS:
A população do estudo de fetos euplóides incluiu 85 casos com grandes defeitos cardíacos e 40.905 sem defeitos cardíacos. O NT fetal foi superior a 95 e acima do percentil 99 em 30 (35,3%) e 18 (21,2%) dos fetos com malformações cardíacas, respectivamente, e em 1956 (4,8%) e 290 (0,7%) do que aqueles sem cardíaca defeitos, respectivamente. Reverteu uma onda foi observada em 24 (28,2%) dos fetos com defeitos cardíacos e em 856 (2,1%) dos sem defeitos cardíacos. Ecocardiografia fetal especialista para casos com NT acima do percentil 99 e aqueles com reverteu uma onda, independentemente do NT, seria detectar 38,8% das grandes defeitos cardíacos em uma taxa de falso-positivo global de 2,7%.
CONCLUSÕES:
Avaliação do fluxo no ducto venoso melhora o desempenho do NT triagem para defeitos cardíacos.

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21160164



Texto Original

OBJECTIVE:
To determine whether assessment of ductus venosus flow at 11-13 weeks' gestation improves the detection rate of cardiac defects achieved by screening with nuchal translucency (NT) thickness.
METHODS:
Prospective first-trimester screening for aneuploidies, including measurement of fetal NT and assessment of ductus venosus flow. The performance of different combinations of increased fetal NT and abnormal blood flow in the ductus venosus in screening for major cardiac defects was examined.
RESULTS:
The study population of euploid fetuses included 85 cases with major cardiac defects and 40,905 with no cardiac defects. The fetal NT was above the 95th and above the 99th centile in 30 (35.3%) and 18 (21.2%) of the fetuses with cardiac defects, respectively, and in 1,956 (4.8%) and 290 (0.7%) of those without cardiac defects, respectively. Reversed a-wave was observed in 24 (28.2%) of the fetuses with cardiac defects and in 856 (2.1%) of those with no cardiac defects. Specialist fetal echocardiography for cases with NT above the 99th centile and those with reversed a-wave, irrespective of NT, would detect 38.8% of major cardiac defects at an overall false- positive rate of 2.7%.
CONCLUSIONS:
Assessment of ductus venosus flow improves the performance of NT screening for cardiac defects.

Desenvolvimento WSB